Mapoteca

Mapa da Mapoteca do CEG

Mapoteca

O fundo documental da Mapoteca do Centro de Estudos Geográficos do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa (CEG/IGOT-ULisboa) é constituído por cerca de 50.000 documentos, a maior parte dos quais dos séculos XIX e XX e proveniente do sector de publicações oficiais do Estado português. Espólio incorporado de forma progressiva no CEG a partir da sua fundação, em 1943, tem apoiado desde essa altura os trabalhos de investigação deste Centro e o ensino da Geografia na Universidade de Lisboa – primeiro no Departamento de Geografia da Faculdade de Letras de Lisboa e, desde 2008, no IGOT-ULisboa.

A coleção principal é constituída, maioritariamente, por documentos relativos a Portugal e aos territórios das ex-colónias portuguesas em África e compreende séries cartográficas e temáticas, cartas hidrográficas, plantas, notícias explicativas, boletins meteorológicos, atlas e mapas parietais. Integra também um fundo antigo, constituído por cerca de 2000 mapas produzidos entre meados do século XIX e o início do século XX, e um fundo de desenhos a tinta-da-china sobre papel vegetal elaborados pelos investigadores do CEG, parte dos quais concebidos para a ilustração de publicações científicas. Para além do seu valor para a história da ciência geográfica em Portugal, trata-se de uma coleção que continua a ser insubstituível para a reconstituição da dinâmica de muitos dos territórios representados e, consequentemente, para a compreensão das realidades atuais e a sua prospetiva.

A Mapoteca do CEG é produtora reconhecida de instrumentos técnicos para a catalogação de material cartográfico e está articulada com as principais entidades públicas portuguesas que produziram ou custodiam a generalidade das séries cartográficas representadas na sua coleção. Nesse âmbito, procede à construção de um Arquivo Digital de Mapas, que tem por base o acervo cartográfico tratado conjuntamente com o atual Centro de Informação Geoespacial do Exército (CIGeoE). Esta tarefa visa garantir a preservação digital deste acervo cartográfico e, em simultâneo, potenciar o seu uso pela comunidade científica nacional e internacional. É também prática regular da Mapoteca realizar e colaborar na realização de exposições e outras iniciativas que visam promover a literacia cartográfica junto dos Ensinos básico e secundário e de públicos não académicos.

Mapa 2
Mapa 3
Mapa 4
Mapa 5
Mapa 6
Mapa 7
Mapa 8
Mapa 9
Mapa 10
Mapa 1
Perfil Ilídio do Amaral