Skip to main content

Tese de Doutoramento

Vista Landsat do Parque Nacional de Acadia

Tese de Doutoramento

O ciclo de estudos conducente ao grau de doutor integra a elaboração de uma tese original expressamente elaborada para esse fim, adequada à natureza do ramo de conhecimento ou da especialidade. 

Registo do tema da tese
No prazo de 60 dias úteis após a conclusão do curso de doutoramento (componente curricular), os estudantes devem proceder ao registo da tese.

Este registo inclui:

  1. O título do trabalho;
  2. A área disciplinar do trabalho;
  3. Palavras-chave que caracterizam o trabalho;
  4. A identificação do(s) orientador(es) do trabalho;
  5. Projeto de tese ou dos trabalhos equivalentes, com indicação dos fundamentos científicos da investigação, da metodologia a utilizar e dos objetivos a alcançar.

Com a aprovação do registo é realizada, em simultâneo, a designação pelo Conselho Científico do(s) orientador(es) da tese.
O registo tem a duração de cinco anos, improrrogáveis. 


Orientação
Os trabalhos conducentes à preparação da tese devem decorrer sob orientação de um professor ou investigador doutorado, vinculado ao IGOT. 

O Conselho Científico pode autorizar situações de coorientação, sendo que a equipa de orientação está limitada a um número máximo de três membros. Nestes casos, podem ser igualmente designados como orientadores professores ou investigadores doutorados, integrados em unidades de investigação do IGOT, ou de outras instituições de ensino superior ou de investigação científica, nacionais ou estrangeiros, ou especialistas de mérito na área da tese, habilitados com o grau de doutor, reconhecidos como idóneos pelo Conselho Científico.

Pedido de admissão a provas

A entrega da tese e o pedido de prestação das provas de defesa pode ser requerido até ao termo do prazo fixado, em cada ano letivo, no Calendário Escolar.

Para o pedido de admissão à prestação das provas de defesa da tese, o estudante deve proceder à submissão dos seguintes elementos junto da Unidade de Gestão Académica:


Um exemplar em suporte digital devidamente identificado com Curriculum Vitae e trabalho final de doutoramento em formato pdf/A com menção Documento provisório.

O modelo de capa da tese, com os elementos de referenciação obrigatória, deve ser solicitado junto da Unidade de Gestão Académica.

A tese deve incluir resumos em português e noutra língua oficial da União Europeia, com um máximo de 300 palavras cada, até 5 palavras-chave em português e noutra língua oficial da União Europeia, e índices.

Quando a tese for escrita em língua estrangeira, deve ser acompanhada de um resumo mais desenvolvido em português, com uma extensão compreendida entre 1200 e 1500 palavras.

O Doutoramento Europeu é um título associado ao grau de Doutor conferido por universidades europeias, não constituindo em si um grau académico. A Universidade de Lisboa atribui este título, mediante o cumprimento das condições abaixo indicadas, tal como previsto no Regulamento para Atribuição pela Universidade de Lisboa do Título de Doutoramento Europeu.

Condições de atribuição
A Universidade de Lisboa atribui o título de “Doutoramento Europeu” aos graus de doutor que confere, desde que o mesmo seja solicitado por requerimento específico do interessado, e tenham sido cumpridas as seguintes condições:

  • Estar inscrito como estudante de doutoramento na Universidade de Lisboa;
  • Ter realizado um período de investigação não inferior a um trimestre, para preparação da tese de doutoramento, numa universidade ou numa instituição de investigação de outro país europeu que não Portugal, que deverá ser devidamente certificado pela mesma;
  • Existência de dois pareceres favoráveis à aceitação da tese de doutoramento, emitidos por dois professores pertencentes a duas instituições de ensino superior de outros dois países europeus;
  • Integração de um membro oriundo de uma instituição de ensino superior que não seja portuguesa no júri da prova pública de Doutoramento;
  • Uma parte da prova pública de Doutoramento tem de ser feita numa língua oficial da União Europeia que não o Português.

Instrução do processo
Os estudantes interessados na obtenção do título de “Doutoramento Europeu” deverão apresentar na Unidade de Gestão Académica requerimento, dirigido ao Reitor da Universidade de Lisboa, juntamente com o pedido de admissão a provas de doutoramento, acompanhado pelo comprovativo/certificado de realização de um período de investigação numa universidade ou numa instituição de investigação de outro país europeu.

Caso o requerimento mereça despacho favorável, na certidão de registo, bem como na certidão de conclusão ou na carta doutoral, se requeridas, será incluída a menção à atribuição do “Título de Doutoramento Europeu.”

Outras informações
Regulamento para Atribuição pela Universidade de Lisboa do Título de Doutoramento Europeu

A componente de elaboração da tese de doutoramento pode decorrer sob a tutela de duas instituições de ensino superior, mediante convénio específico assinado pelas Instituições de Ensino e pelo estudante, nos termos previstos no Regulamento de Elaboração de Tese de Doutoramento em Regime de Cotutela Internacional da Universidade de Lisboa (ULisboa).
 
Condições para a elaboração do convénio de cotutela internacional
A subscrição do convénio de cotutela internacional pressupõe que o doutorando já superou todas as exigências requeridas no respetivo programa de doutoramento para poder iniciar os trabalhos de elaboração da tese, ou seja, implica que já tenha concluído o Curso de Formação Avançada (1.º ano do doutoramento).
Podem solicitar a celebração de convénios de cotutela os doutorandos que estejam em condições de elaborar a sua tese de doutoramento em programas doutorais congéneres reconhecidos como tal pela ULisboa e de uma instituição universitária estrangeira sob a orientação de, pelo menos, um professor de cada Universidade.
O convénio entre o IGOT, a ULisboa, o doutorando e a instituição universitária estrangeira parceira é elaborado nos termos e condições fixadas no Regulamento de Elaboração de Tese de Doutoramento em Regime de Cotutela Internacional da Universidade de Lisboa e de acordo com o modelo de convénio vigente.
 
Os doutorandos interessados na realização da tese em regime de cotutela internacional, deverão previamente colocar essa possibilidade ao seu orientador e só depois contactar a Unidade de Gestão Académica, para obterem informações detalhadas referentes aos documentos que devem ser apresentados para iniciar o processo e sobre os requisitos exigidos para a celebração de convénio com a instituição universitária estrangeira parceira.
 
Outras informações
Regulamento de Elaboração de Tese de Doutoramento em Regime de Cotutela Internacional da Universidade de Lisboa