Passar para o conteúdo principal

Gonçalo Vieira nomeado co-presidente da International Permafrost Association durante 4 anos

Gonçalo Vieira nomeado co-presidente da International Permafrost Association durante 4 anos

Gonçalo Vieira, professor no IGOT-ULisboa, foi nomeado, em Whitehorse (Canadá), co-presidente da International Permafrost Association (IPA), cargo que ocupará nos próximos 4 anos com Isabelle Gartner-Roer da Universidade de Zurique.

A nomeação de Gonçalo Vieira para presidir um comité com 29 países membros é um reconhecimento da robustez da investigação sobre permafrost (solo permanentemente congelado) realizada por Portugal na Antártida e no Ártico. A promoção da investigação científica e da engenharia para ajudar a resolver os problemas associados ao permafrost num cenário de crise ambiental global, e de grande complexidade geopolítica, será a linha condutora desta presidência conjunta.

A IPA foi criada em 1983 com o objetivo de promover a investigação científica sobre o permafrost e a colaboração internacional. Desde então, as mudanças nos ambientes com permafrost têm conhecido uma preocupante aceleração, e o permafrost tem vindo a assumir cada vez mais relevo no quadro das alterações climáticas globais. O permafrost é um elemento central no sistema climático global, em especial pela sua importância no ciclo do carbono e para as emissões de metano e de dióxido de carbono.

Contudo, os problemas associados à degradação do permafrost são muito amplos, com implicações para os ecossistemas das altas latitudes, hidrologia, dinâmica costeira, fluxos de contaminantes, mas também para as infraestruturas e para os modos de vida das comunidades índigenas e locais do Ártico.