O ano de 2020 fica marcado pelo compromisso institucional do IGOT com a promoção da Igualdade de Género, firmado no Plano de Igualdade de Género do IGOT, apresentado em setembro e disponível para consulta no website do IGOT.

Este Plano foi desenvolvido no quadro do projeto europeu GEARING-Roles do CEG/IGOT, coordenado pela Professora Maria Lucinda Fonseca. O projeto GEARING-Roles tem o firme propósito de desafiar e transformar os papéis e identidades de género ligados às carreiras académicas e contribuir para mudanças institucionais reais.

O Plano de Igualdade de Género do IGOT contempla nove dimensões fundamentais de atuação e respetivos objetivos específicos, estando delineadas 35 medidas e ações, de forma a dar resposta aos objetivos gerais:

  1. Garantir uma efetiva igualdade de tratamento e de oportunidades entre mulheres e homens e promover a conciliação entre a vida profissional, pessoal e familiar;
  2. Integrar a perspetiva de género na cultura organizacional do IGOT;
  3. Garantir o equilíbrio de género nos órgãos de gestão do Instituto e nos processos de tomada de decisão;
  4. Integrar a dimensão de género na investigação e no ensino;
  5. Garantir a possibilidade de denúncia, de forma confidencial e sem represálias, em situações de discriminação ou assédio sexual ou moral.

O IGOT assume-se, assim, no contexto da Universidade de Lisboa, como uma organização cuja missão assenta na educação e investigação para a cidadania, formando pessoas responsáveis e solidárias, e na promoção das questões da igualdade de oportunidades e de direitos no trabalho e em todas as outras esferas da vida quotidiana.