Gonçalo Vieira, investigador do Centro de Estudos Geográficos e Professor do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território, ULisboa, assume a vice-presidência da Comissão Executiva da International Permafrost Association (IPA), tendo sido eleito para um mandato de quatro anos.

A IPA foi fundada em 1983 e tem como objetivos promover a disseminação do conhecimento acerca do solo permanentemente gelado (permafrost) e promover a cooperação entre indivíduos e organizações que realizem investigação e trabalhos de engenharia sobre permafrost. Portugal tornou-se membro associado da IPA em 2005 e passou a membro integrado em 2008, no Congresso Internacional de Fairbanks.

A investigação sobre os impactes das mudanças climáticas nos ambientes com permafrost é uma das áreas em que a ciência polar portuguesa mais se tem destacado, com a equipa de Gonçalo Vieira no CEG (IGOT-Ulisboa) a manter uma importante rede de observatórios da Global Terrestrial Network for Permafrost na Península Antártica. A equipa tem desenvolvido também trabalhos em vários projetos no Ártico e Subártico canadiano e na Cordilheira do Atlas em Marrocos. Os seus trabalhos sobre permafrost em Portugal têm-se centrado na reconstituição paleoambiental, em particular na área da Serra da Estrela.

Mais informações aqui.