Mestrado em Políticas Europeias: Desenvolvimento e Coesão Socioterritorial

Coordenação do curso: Prof. Doutor Luís Moreno

Coordenação do 2º ciclo: Prof. Doutora Ana Ramos Pereira

O mestrado em Políticas Europeias: Desenvolvimento e Coesão Socioterritorial, avaliado e acreditado pela A3ES em 2014, procedeu à atualização da sua estrutura curricular em 2014/2015, a qual foi aprovada pelo Despacho n.º 12636/2014, de 15 de outubro.

Normas regulamentares do Mestrado em Políticas Europeias: Desenvolvimento e Coesão Socioterritorial – Despacho n.º 9091/2016. D.R. n.º 135, Série II de 2016-07-15.

O ciclo de estudos de mestrado em Políticas Europeias: Desenvolvimento e Coesão Socioterritorial, alicerçado na articulação do ensino e investigação de excelência do IGOT e da sua unidade de I&D CEG, visa proporcionar conhecimentos avançados nos domínios que permitam mobilizar saberes para desenvolver uma perspetiva integrada do desenvolvimento da Europa e da problemática da sua coesão, em diferentes dimensões e níveis / escalas, através do aprofundamento de conhecimentos sobre as dinâmicas da população e os processos económicos, sociais e culturais, as grandes linhas das políticas públicas nacionais e europeias e os instrumentos para a valorização da diversidade socioeconómica, cultural e ambiental dos territórios, bem como da herança do património europeu.

Objetivos

São objetivos específicos do ciclo de estudos de mestrado em Políticas Europeias: Desenvolvimento e Coesão Socioterritorial fornecer conhecimentos avançados nas grandes linhas das políticas públicas nacionais e europeias e os seus instrumentos para a valorização da diversidade que enforma as condições dos diferentes territórios europeus, privilegiando os seguintes domínios:

  1. influência das políticas da UE nas novas geografias (económica, social, cultural, do turismo e lazer…) do espaço europeu;
  2. estratégias de desenvolvimento e coesão nas políticas da UE;
  3. conceção, implementação e avaliação de políticas europeias, com particular incidência em programas e projetos de valorização socioterritorial;
  4. governança, desenvolvimento e inovação socioterritorial em contexto europeu;
  5. dinâmicas demográficas e migrações na Europa;
  6. desigualdades e exclusão social e territorial na Europa.

Saídas profissionais

Organismos do sistema político-administrativo e/ou dos setores público e privado no domínio dos estudos e do planeamento com incidência socioterritorial, a nível nacional e europeu, com necessidade de especialistas na análise das políticas europeias e da tradução destas nas condições da tríade sociedade-economia-território, bem como na conceção, implementação e avaliação de políticas públicas com este foco. O IGOT possui protocolos com uma série de entidades públicas e privadas com vista à realização de estágios profissionais.

Estrutura

O ciclo de estudos conducente ao grau de mestre em Políticas Europeias organiza-se em 4 semestres, num total de 120 ECTS, sendo constituído por:

  • 1º e 2º semestres, de carácter escolarizado, organizados em seminários estruturantes que se destinam a dotar o aluno de uma formação especializada nos domínios das políticas europeias numa perspetiva territorial.
  • 3º e 4º semestres orientados para a realização da compo- nente de trabalho autónomo supervisionado que, consoante o percurso escolhido, tanto pode ser a realização de uma dissertação de natureza científica, como a realização de um estágio profissional ou de um trabalho de projeto.

Regulamento de Estágio dos alunos de Mestrado do IGOT – Consultar Formulários e Regulamentos