Membros do Projeto GEARING Roles, cujo objetivo é aumentar a igualdade de género em instituições que promovem a investigação académica, trabalharam na proposta do agora aprovado e criado Prémio Isabel André para investigação em Género e Geografia. Este tem por objetivo promover e estimular trabalhos de investigação de excelência em Geografia, Desenvolvimento Regional, Planeamento e Ordenamento do Território, que incluam as perspetivas de género.

O Prémio surge da necessidade de estimular a disseminação das perspectivas de género em Geografia e de dar mais visibilidade aos investigadores e às investigadoras em início de carreira que conduzem, com sucesso, trabalhos em que o género é analisado na sua dimensão espacial.

Intitulado Isabel André, esta distinção é também uma homenagem a esta pioneira dos Estudos de Género em Geografia. Foi a primeira mulher a obter o grau de doutora no país com uma tese em Geografia na área dos Estudos de Género.

O Prémio é iniciativa do Centro de Estudos Geográficos da Universidade de Lisboa, enquadra-se no compromisso institucional com a Igualdade de Género, firmado no Plano de Igualdade de Género do IGOT e nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 das Nações Unidas.

O período de candidatura será anunciado durante o primeiro trimestre de 2021. Entretanto, podem ser consultados todos os detalhes (condições e procedimentos de candidatura e critérios do prémio) sobre o Prémio Isabel André aqui.